Valores

Como parar o bullying ou bullying

Como parar o bullying ou bullying


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Pode se chamar Maria, Isabel ou Lourdes. Talvez da próxima vez seja Juan, Carlos ou Antonio. Não sabemos seus nomes, mas sabemos o pesadelo por que passaram. O bullying é mais cruel e prejudicial do que uma arma. E muito mais doloroso. Muitas vezes invisível. E tão mortal que às vezes leva ao suicídio.

O assédio escolar ou bullying não compreende o gênero ou as condições sociais. Ocorre assim que uma criança ou uma série de crianças decidem tornar a vida impossível para outra. Assim que escolhem sua vítima, eles a atacam sem piedade. Ameaças, chantagens e mensagens que desarmam a criança acossada por dentro, que vão miná-la até que acabe sua ilusão e vontade de viver. O assédio, um flagelo, que sem dúvida deve ser eliminado. E com urgência.

Infelizmente, o bullying é universal, afeta crianças em idade escolar em todo o mundo. Em muitos países, eles tentam impedir isso na educação infantil. Valores e normas sociais. Respeito às diferenças, tolerância ... mas no final, sempre há um stalker que quebra as regras.

NoFinlândialançaram um programa que está obtendo grande sucesso. Se chama KiVa, o diminutivo de duas palavras finlandesas que significam 'Contra o bullying escolar'. Um programa, aliás, criado por especialistas da Universidade de Turku, um lugar onde estudam o comportamento e as relações entre crianças há 25 anos.

O que exatamente é esse programa anti-bullying? Enquanto a maioria dos centros se concentra no agressor e na vítima, o programa KiVa muda as regras que governam o grupo. O importante aqui é educar as 'testemunhas', aqueles que olham, incentivam e riem do agressor. Aqueles que estão em silêncio. A solução não é tentar mudar a timidez da vítima, nem do agressor, mas sim que essas testemunhas atuem em caso de bullying. Que cubram a criança agredida e não apoiem o agressor. Dessa forma, o agressor se sentirá anulado e a vítima ganhará segurança.

- As aulas são ministradas sobre convivência, respeito e tolerância dos 7 aos 13 anos.

- É criado uma caixa de correio virtual onde as crianças podem relatar sem medo se se sentirem ameaçadas.

- Cuidadores em recreio vestem Coletes reflexivos para ser facilmente localizado.

- Cada escola possui três pessoas que se dedicam exclusivamente à questão do bullying e atuam de imediato ao primeiro sinal, primeiro apoiando a vítima e alertando o agressor sobre o seu erro.

Este programa começou a ser implementado em algumas escolas finlandesas em 2007. Desde o primeiro momento, os resultados foram surpreendentes. 79% do bullying foi eliminado. Além disso, as escolas onde este programa funcionava apresentam maior satisfação e motivação para estudar entre as crianças. Já foi exportado para vários países, como França, Itália, Reino Unido, Suécia ou Estados Unidos.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Como parar o bullying ou bullying, na categoria Bullying no local.


Vídeo: O segredo para superar o bullying de forma assertiva. Oi! Seiiti Arata 155 (Novembro 2022).